Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

As origens da Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações remontam á criação, em 24 de agosto de 1909, do Departamento da Guerra, origem do atual Departamento-Geral do Pessoal, e que, desde então, passou a responder pelos encargos de movimentação.

Quase uma década após, já no ano de 1916, e em face da crescente importância atribuída à gestão de recursos humanos, o Departamento da Guerra passou a denominar-se Departamento do Pessoal do Exército.

Em 1934, com o advento da Lei de Organização Geral do Ministério da Guerra, o Departamento do Pessoal do Exército passou a ser responsável pela coordenação administrativa e a fiscalização de todas as questões relativas ao pessoal do Exército.

Durante o período abrangido pela Segunda Grande Guerra, o Departamento sofre nova estruturação e passa a denominar-se Diretoria das Armas, subordinando-se diretamente ao Ministro da Guerra, com a finalidade de assessorá-lo na coordenação, na administração e na fiscalização dos assuntos atinentes ao pessoal combatente das Armas.

Em meados da década de 1950, fruto da nova Organização Básica do Exército, são criados o Departamento-Geral do Pessoal e a Diretoria do Pessoal da Ativa, recebendo, esta última, as atribuições de movimentar o pessoal militar e civil do Exército.

Em 1971, em decorrência de uma nova organização do Departamento-Geral do Pessoal, e de sua transferência para Brasília, a então Diretoria do Pessoal da Ativa passa a denominar-se Diretoria de Movimentação, instalando-se, definitivamente, na Capital Federal, em 12 Dezembro de 72.

Em 28 de janeiro de 2004, por meio do Decreto nº 4963, a Diretoria recebeu a dominação - Diretoria de Controle de Efetivos e Movimentações (DCEM), em consequência da dinâmica presente nas ações relacionadas à movimentação de pessoal e à necessidade de aperfeiçoar os sistemas se controle dos efetivos do Exército.

Hoje, rejuvenescida por novas gerações de profissionais e civis, a DCEM aperfeiçoa continuamente seus sistemas e processos, busca conciliar a necessidade do serviço com as necessidades de cada militar e renova o permanente compromisso com sua missão, com a Instituição e com a satisfação do pessoal.

Fim do conteúdo da página